Diversidade em pauta

Atualmente o tema “diversidade” tem tomado conta de muitas agendas sociais e surgido com muita frequência em conversas e papos em nosso dia-a-dia.

Se temos observado essa situação, é importante pensarmos qual o significado de diversidade e porque esse assunto vem provocando tantas discussões. Ouvimos falar cada vez mais em diversidade na escola, diversidade na comunidade e, enfim, na diversidade nos ambientes de trabalho.

Porém, cabem aqui algumas reflexões: o que é diversidade e qual o significado no contexto atual? O que consideramos diversidade no ambiente laboral e qual a importância em desenvolver programas que direcionem esforços para que a diversidade seja valorizada no dia a dia das empresas?

De uma forma geral entendemos a diversidade como um importante valor das relações humanas, que preconiza a igualdade de oportunidades e o respeito à dignidade de todas as pessoas.

É um principio básico da cidadania que assegura a qualquer individuo desenvolver todo seu potencial e talento em condições que lhe assegurem o respeito a suas características pessoais e profissionais e o estabelecimento de relações socialmente justas e democráticas.

Trocando em miúdos: a valorização da diversidade representa um grande desafio a ser alcançado, pois considera em condições de igualdade todos os indivíduos de uma sociedade, independente, por exemplo, de suas condições socioeconômicas, de gênero, orientação sexual, de condição de deficiência ,estilo de vida e outras.

Quando voltamos nosso foco para o universo empresarial, devemos levar em conta vários aspectos relacionados à diversidade, já que é consenso que a sociedade e consequentemente as empresas vêm atravessando nos últimos anos muitas mudanças.

Fenômenos como a globalização de mercados, o intenso desenvolvimento tecnológico, as novas economias e a importância em assumir responsabilidade social e ética em seus negócios vêm fazendo com que o universo empresarial perceba a diversidade como importante valor estratégico de seu negócio.

Muitas empresas vêm criando com êxito programas e ações de diversidade por considerar que adotando uma perspectiva de força de trabalho “diversa”, assumem um compromisso ético e também obtém resultados produtivos e competitivos, respondendo assim a um universo que tende a incorporar pessoas em suas mais diversas diferenças.

Para que uma empresa inicie um trabalho de diversidade com consistência, o combate ao preconceito e a discriminação se torna pauta imprescindível em suas ações. Esse processo acontece para que as pessoas possam conhecer sobre a diversidade e também possam adotar posturas proativas de incentivo a criação de uma cultura inclusiva e de diversidade.

Apesar de grandes avanços sociais, a realidade brasileira ainda necessita incluir e criar condições de igualdade a grupos de pessoas que historicamente vem sofrendo com a estigmatização e marginalização em acessar de forma digna oportunidades de trabalho.

De uma forma geral, as políticas de incentivo ao trabalho decente e de valorização da diversidade devem apoiar todas as pessoas em seu desenvolvimento e devem olhar com atenção para a empregabilidade de pessoas com deficiências, pessoas LGBT ( Lésbicas, Gays, Bissexuais e Travestis), questões de gênero nas relações de trabalho, as questões raciais e étnicas, aspectos relacionados ao ciclo de vida e sua ligação com o trabalho, diferenças religiosas e de crenças, migrantes e imigrantes – que trazem suas culturas específicas entre outros temas.

Desenvolver programas em diversidade ratifica um dos objetivos dos estratégicos da OIT – Organização Internacional do Trabalho que é a eliminação de todas as formas de discriminação em matéria de emprego e ocupação, a promoção do emprego produtivo e de qualidade, a extensão da proteção social e o fortalecimento do diálogo social.

Nós, da Consolidar Dorina, acreditamos que a construção de um programa de diversidade se inicia basicamente pela valorização das relações humanas nas empresas.

Uma empresa é formada por muitas riquezas e um de seus maiores patrimônios são as pessoas e a diversidade que as compõe. Acreditamos que a ações de diversidade devem acontecer respeitando a cultura empresarial e promovendo o desenvolvimento de todas as pessoas por intermédio da educação inclusiva pautada nos direitos humanos.

Faça você também a diferença – pense na diversidade se vendo parte dela, afinal você em sua singularidade faz parte da imensa riqueza que é a diversidade humana.

Edson Defendi

Edson Defendi

Mestre em Psicologia pela PUC-SP, Especialista em Psicoterapia Familiar e de casal pela PUC-SP e Especialista em Psicologia Hospitalar e Reabilitação pela HCFM USP – Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP. Colaborador da Fundação Dorina Nowill há 18 anos, tendo atuado e coordenado equipes nas áreas de educação, reabilitação e empregabilidade. Membro da Comissão Permanente de Acessibilidade – PMSP.

 E-mail: edson.defendi@consolidardorina.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *